Rodrigo Cançado, jurado da ABCZ, faz comentário sobre a raça Tabapuã

//Rodrigo Cançado, jurado da ABCZ, faz comentário sobre a raça Tabapuã

Rodrigo Cançado, jurado da ABCZ, faz comentário sobre a raça Tabapuã

Na Expozebu 2019, em comemoração ao 100 anos da ABCZ, fui convidado para julgar a raça Tabapuã. Uma raça que eu gosto muito pelas suas características funcionais, pela precocidade e pela sua carcaça.

E isso, eu pude comprovar no julgamento desse ano na Expozebu. Fiquei impressionado com o gado apresentado. A grande maioria com um tipo muito moderno. Com muita costela, com um ótimo acabamento de carcaça, com aprumos corretos e sem perder a raça.

Pude constatar que a raça está evoluindo muito. Isso mostra que os criadores estão fazendo um trabalho correto e que esse tipo de gado é o mesmo que temos que utilizar no campo.

Sabemos que quanto mais costelas, mais precoce é o gado e isso a raça apresentou na EXPOZEBU.

Foram 169 animais em pista, um número muito expressivo e com muita qualidade.
Isso pude observar nos grandes campeonatos, onde todos campeões apresentavam o mesmo biotipo.

A Grande Campeã com muita costela, raçuda, com uma carcaça moderna e muito bem parida. O Grande Campeão também, com muita costela, raçudo, com muita carcaça, pesado e com aprumos corretos.

Com certeza a raça vem evoluindo muito, está no caminho certo. Vários técnicos vieram conversar comigo sobre o tanto que a raça Tabapuã está melhorando. Ficaram impressionados com o que viram.

Só tenho que parabenizar aos criadores pelo excelente trabalho que veem fazendo em prol da raça Tabapuã. Com certeza, a cada geração, a raça vai melhorar cada vez mais e contribuir muito para a pecuária de corte nacional.

Comentário de Rodrigo Cançado, jurado da ABCZ, sobre a raça Tabapuã durante a 85ª Expozebu.

Foto: Carlos Lopes

 

2019-05-20T14:52:59+00:00

Deixar Um Comentário